Está provado que tirar direitos não gera empregos

A constante instabilidade e as “trapalhadas” do governo, o endividamento das famílias e a queda no consumo derrubam a produção industrial e, consequentemente, diminuem os empregos de qualidade. Neste cenário, a tendência é que milhões de brasileiros, homens e mulheres, pais e mães, jovens, adultos e idosos sejam obrigados a continuar buscando o seu sustento nos semáforos – de forma digna, mas sem qualquer direito e com uma renda muitas vezes insuficiente.

Puxando pela memória, primeiro disseram que a reforma trabalhista resolveria, depois a previdenciária, agora falam na tributária e administrativa. Porém, fica cada vez mais claro: estas reformas beneficiam alguns privilegiados, enquanto massacra a maioria da população, a classe média, os pequenos comerciantes etc.

É urgente recuperar o crédito das famílias e dos empreendedores, que geram empregos no País todo. Na outra ponta, é preciso investir na formação dos nossos jovens e na requalificação dos trabalhadores. Está provado que tirar direitos não gera empregos.
Temos que olhar, aprender e copiar o exemplo dos países prósperos, onde o trabalhador tem emprego, direitos e dignidade. Existe luz e solução para o Brasil e nós precisamos seguir nesta direção.

Links
O Globo: https://glo.bo/3075ePm
Valor Econômico: https://glo.bo/35CPaG3

#gersonsartori #pdt #emprego

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>