Saques do FGTS – “só mais uma medida paliativa” aponta ex-vice-presidente da Caixa

Com a notícia de que o governo começará a liberar saques do FGTS, me reuni com o ex-vice presidente da Caixa Econômica Federal e consultor financeiro, João Carlos Garcia, para entender e avaliar essa medida. Como os saques deste ano serão limitados a R$500 por conta, o impacto para o comércio e a indústria serão muito pequenos, nada a ponto de gerar empregos e aquecer a economia por um período maior. Com toda a sua vivência e conhecimento de causa, João acredita que o FGTS deveria ser destinado para o financiamento de imóveis, construção civil, obras de saneamento e outras atividades que, tradicionalmente, geram empregos, movimentam a indústria e o varejo de forma mais duradoura. “Esses saques de até R$500 evidentemente ajudam num primeiro momento. Mas infelizmente é só mais uma medida paliativa”, afirmou João Carlos. Mais uma vez temos muito ‘barulho’ e cortina de fumaça, para pouca ação e propostas para a geração de emprego e renda. Um País gigante como o nosso precisa valorizar quem trabalha e quem produz.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>