Reforma da previdência: quem ganharia R$2.000 vai perder R$877 por mês

Enquanto o atual governo ‘patina’ com a reforma previdenciária, uma coisa fica clara: quem ganharia R$2.000 vai perder R$877 por mês. Parece brincadeira de mau gosto. Mas é a realidade da cruel proposta. Vamos entender: um trabalhador com 65 anos de idade e 20 anos de contribuição previdenciária, que recebe um salário na média de R$2.240,90, receberia hoje de aposentadoria 90% desse valor – R$2.016,81. Caso a reforma seja aprovada, esse mesmo trabalhador receberá R$1.899,41, cerca de R$877 a menos. Imagine o impacto e o prejuízo dessa redução na vida do trabalhador. Já para os militares, o mesmo governo prevê dobrar a indenização que a categoria recebe, quando se aposenta. É isso mesmo, amigo. Bolsonaro pretende tirar de quem ‘ganha pouco’ para dobrar o benefício dos colegas militares. Se a reforma é necessária, é fundamental que ela seja feita de forma justa a todos, civis e militares, pobres e ricos. Promover e aprofundar a desigualdade é exatamente o contrário de ‘acabar com regalias e privilégios’. Vamos cobrar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>