Previdência apresentada não combate privilégios

O governo Bolsonaro apresentou a sua proposta de reforma da previdência. Nesse momento, estamos estudando o texto. Mas a impressão inicial é de que esta reforma pouco se dedica a combater privilégios, um dos principais problemas da nossa previdência. A questão da idade mínima, um dos pontos mais discutidos por todos, simplesmente desconsidera o Brasil real. Afinal, não podemos achar justo e aceitável que as regras para um pedreiro ou motorista de ônibus se aposentar sejam as mesmas de um executivo, que trabalha dentro de um escritório com ar-condicionado. Assim como é revoltante obrigar um professor a dar aula por 40 anos para que ele receba a sua aposentadoria integral. Volto a dizer o quanto é importante discutir esse assunto, apresentando números reais, que ajudem a população a entender a situação da previdência. Antes de encomendar o remédio, precisamos saber qual é de fato a doença.

Para quem quiser entender melhor a previdência, a equipe econômica do Ciro Gomes, coordenada pelo especialista no assunto e deputado federal do PDT, Mauro Benevides Filho, produziu um panorama sobre o tema, trazendo muitos dados e informações. A apresentação pode ser acessada aqui: http://bit.ly/2SSCmtt

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>